expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Expectativas no Cinema 2011

Sucker Punch
Dirigido por Zack Snyder é o filme que ele fez antes de assumir a nova versão do Superman para a Warner. Com vasta experiência adaptando quadrinhos (300 e Watchmen) e um repertório visual agressivo e cinético, Snyder tem a chance de redimir a imagem do kryptoniano no cinema. Sucker Punch serve como prévia.




X-Men- First Class
Mathew Vaughn amarela mas não falha. Layer Cake, Stardust e Kick-Ass são filmes que cumprem o que prometem e as vezes trazem algumas surpresas. Depois de ter preterido dirigir "X-Men 3" e "Thor" finalmente Vaughn tem uma franquia de heróis nas mãos. James MacAvoy e Michael Fassbender são as versões mais jovens de Charles Xavier e Magneto, respectivamente, lidando com a criação dos X-men nos anos 60.



Lanterna Verde
Não tem como errar. Martin Campbell experiente diretor da franquia 007; Grant Major desenhista de produção de "O Senhor dos Anéis"; Batalhas espaciais; Alienígenas; Os super poderes mais bacanas inventados. Nem se o Hal Jordan fosse interpretado pelo Bozo o filme seria ruim.




Thor
Pois vivemos um momento único tanto na história do cinema quanto para os fãs de quadrinhos. É a Renascença Geek a Era de Ouro da fantasia e da aventura megalomaníaca. Múltiplos filmes fazendo crossovers algo inconcebível ha 10 anos, quando fazer um filme com um supergrupo de heróis como x-men era uma idéia muito arriscada. E de bônus temos o diretor shakespariano Keneth Branagh adicionando pompa e circunstância a aventura.




Capitão America
Porque em julho quando o filme terminar e os créditos subirem vamos ficar com a mesma sensação do final de De Volta Para o Futuro 2, Império Contra Ataca e a Sociedade do Anel. E a frase vai ficar impressa na cabeça de todo mundo "Diabos vou ter que esperar 1 ano. Preciso ver os Vingadores agora !". Joe Johnston que está escaldado depois de dirigir o conturbado "O Lobisomen" jura que o filme está tendo tratamento caprichado.



Tree of Life
Porque o eremita Terence Mallick só sai da toca pra fazer bons filmes.




The Adjustment Bureau
Porque o trailer é sensacional e a premissa (o destino das pessoas é administrado por misteriosos "Agentes") parece com um episódio de Além da Imaginação.




Harry Porter 7 – Parte 2
Porque a Warner precisa direcionar o dinheiro para outras franquias como "Flash" e "Liga da Justiça".




Missão Impossível 4
Porque Brad Bird, um dos diretores de animação mais criativos e bem sucedidos dos últimos 10 anos (Simpsons, Robô Gigante e Os Incríveis), pode se tornar o diretor de aventuras live-action mais bem sucedido dos próximos 10 anos.



Conan, o Bárbaro
Para provar que o Arnold é foda mas não é insubstituível. Dirigido por Marcus Nispel do remake "Sexta-Feira 13", esperamos muito sangue e mutilação.


Immortals
Qual é a chance real de fazerem um filme sobre deuses gregos pior que o remake de "Fúria de Titãs"? A história da batalha entre deuses tem a direção do indiano Tarsem Singh, que apesar de conceber visuais tão elaborados quanto Tim Burton, Terry Gilliam ou Guilhermo Del Toro ainda não tem um sucesso comercial na carreira.


O Mágico
Porque juntar idéias do Chaplin francês, Jaques Tati com Sylvain Chomet, o animador de Bicicletas de Bellevile é perfeito.




Deixe me Entrar
Porque parece que o diretor de "Cloverfield", Matt Reeves conseguiu fazer um remake tão bom quanto o original sueco "Let The Right One In" de 2008.




Melancholia
Pois o iconoclasta Lars Von Trier está dirigindo um sci-fi que começa pelo final da trama, o impacto de um planeta gigante contra a terra. Segundo ele o importante não é contar o que acontece e sim como acontece, liberando o espectador de teorizar sobre a resolução da história e se concentrando nas interações dos personagens. No elenco Kristen Dunst e o Christopher Walken alemão Udo Kier.



Não Me Abandone Jamais
Porque dramas sci-fi bem feitos são coisa rara no cinema. E podemos conferir o trabalho mais recente do próximo Homem-Aranha, Andrew Garfield sob a batuta de Mark Romanek. Não vou postar o trailer pois contém spoilers sobre a história.



Upside Down
Uma premissa fantástica onde um casal tenta romper a barreira que os separa: cada um vive em uma cidade diametralmente oposta a outra, que existe de ponta cabeça na linha do céu. O visual remete as Graphic Novels de Moebius. Dirigido pelo desconhecido Juan Diego Solanas.



Lixo Extraordinário
É um documentário comovente sobre o trabalho de Vik Muniz e principalmente sobre o impacto da arte nas pessoas que vivem do lixo usado no processo criativo. Dirigido por Lucy Walker que fez o interessante doc sobre armas nucleares "Countdown to Zero".




All Good Things
Porque Andrew Jarecki, diretor do documentário A Captura dos Friedmans está estreando na ficção adaptando uma história real contundente. No elenco, Ryan Gosling excelente ator que escolhe projetos a dedo.




O Homem do Futuro
Por que o Cláudio Torres, o diretor mais nerd do cinema nacional dirige uma comédia romântica sobre viagem no tempo. O protagonista, o cientista Zero, é interpretado pelo onipresente Wagner Moura.



127 horas
O cacife conquistado no oscar de 2009 com "Quem quer ser Milionário?", permitia Danny Boyle ter feito qualquer filme, mas ele preferiu se arriscar novamente e adaptar um projeto controverso, a história do alpinista Aron Ralston preso debaixo de uma pedra. Tem gente desmaiando no cinema na cena chave do filme.




Cisne Negro
Porque o Aronfosky tomou jeito com "O Lutador" e voltou a fazer filmes excepcionais.




Bravura Indômita
Os irmãos Coen até de tapa olho acertam no alvo. Adaptação elogiada do derradeiro western estrelado por John Wayne.




Tintim
Quadrinhos europeus, Spielberg e animação 3d pelo preço de um ingresso.

Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...