expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Notícia Boa - Dredd ganhou censura 16 anos

A MPAA, entidade que define a classificação etária nos EUA, estabeleceu que o filme Dredd será Rated-R (que corresponde a 16 anos) por violência gráfica, linguagem, uso de drogas e algum conteúdo sexual. Boa notícia para os fãs do sujo e agressivo Juiz Dredd. 
Nos anos 90 uma versão equivocada  estrelada por Sylvester Stallone serviu para descaraterizar o personagem e desperdiçar 75 milhões de dólares.
O produtor Andrew Macdonald que havia prometido que ser o mais fiel possível ao material original,  afirmou que o protagonista Karl Urban vai manter o capacete durante o filme inteiro e o tom será um neo-noir futurista visceral e sombrio.
Criado na revista britânica 2000 AD por John Wagner e Carlos Ezquerra, o Juiz Dredd é uma alegoria sobre a decadência sócio-econômica do final dos anos 70 na Inglaterra. Satirizando as tendências fascistas do governo da primeira-ministra Margaret Thatcher, o desemprego e a convulsão social que assolava o país.
Exacerbando o arquétipo do policial vingador (inspirado no estóico Harry Calahan da série Dirty Harry)  Juiz Dredd habita um mundo brutal e cyberpunk, enfrentando situações absurdas em tramas bizarras calcadas no gore e no humor negro. Atirando referências do cinema, cultura pop e rock pesado, o Juiz  mais temido de Mega City One se transformou em ícone no cenário underground entre  bandas como Manic Street Preachers, Madness e  Anthrax. Essa última lançou o single I Am The Law  no disco Among The Living.


O prognóstico é favorável e Dredd pode ser uma boa surpresa na safra de adaptações de quadrinhos que avançam pelos cinemas em 2012.  Com roteiro de Alex Garland (Sunshine, Extermínio) e dirigido por Pete Travis (Ponto de Vista),  Dredd estréia dia 21 de setembro nos Estados Unidos.


Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...