expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Lista do Dia Parte I - Premiere Brasil do Festival do Rio 2012


Entre 27 de setembro a 11 de outubro acontece o Festival do Rio 2012  e a lista de longas-metragens selecionados para a Premiere Brasil foi divulgada pela organização do evento. Entre os trabalhos competindo pelo o Troféu Redentor estão "Primeiro Dia de Um Ano Qualquer", de Domingos Oliveira, a nova versão do clássico juvenil "Meu Pé de Laranja Lima", de Marcos Bernstein, a comédia "O Gorila", de José Eduardo Belmonte e   "Disparos",   estréia na direção da jornalista Juliana Reis (roteirista de "A Vida de Julia" e "O Fim e os meios"). O festival incluiu pela primeira vez uma animação entre os longas:  "Uma História de Amor e Fúria". de  Luiz Bolognesi (roteirista de "As Melhores Coisas do Mundo" e "Bicho de Sete Cabeças"). "O Som ao Redor" , de Kleber Mendonça Filho, é o único que participou de outros festivais saindo com quatro prêmios do Festival de Gramado.
Eu Não Faço a Menor Ideia do Que Eu Tô Fazendo Com a Minha Vida
Na Mostra Novo Rumos vale checar "Eu Não Faço a Menor Ideia do Que Eu Tô Fazendo Com a Minha Vida", segundo filme de Matheus Souza (após a promissora estréia em 2008 com  "Apenas o Fim") e  "Augustas", primeiro longa do diretor Francisco César Filho, sobre a fauna da região paulistana conhecida como "baixo augusta".

Fora da mostra competiva será exibido, "Colegas" longa de Marcelo Galvão que saiu vencedor do Festival de Gramado 2012. Entre os documentários estão cinebiografias sobre Hélio Oiticica, Jards Macalé, Jango Goulart e Cildo Meirelles. O filme “Gonzaga – de Pai pra Filho”, de Breno Silveira, abrirá Festival do Rio 2012 na sessão “hors concours” do evento, no dia 27 de setembro. O início da venda de pacotes de ingressos para o Festival do Rio deve ser anunciado na próxima semana. Veja a programação da Premiere Brasil abaixo:

Premiere Brasil Longas
Mostra Competitiva 
Uma história de amor e fúria

Ficção
"A busca" (father’s chair), de Luciano Moura 
"A coleção invisível" (the invisible collection), de Bernard Attal
"A floresta de jonathas" (jonathas’ forest), de Sérgio Andrade 
"Disparos" (ae-autoexposure), de Juliana Reis 
"Dores de amores" (love aches), de Raphael Vieira 
"Éden" (eden), de Bruno Safadi 
"Entre vales"  (between valleys),  de Philippe Barcinsky
"Meu Pé de Laranja Lima" (my sweet orange tree), de Marcos Bernstein
"O gorila" (the gorilla), de José Eduardo Belmonte
"O som ao redor" (neighbouring sounds), de Kleber Mendonça Filho
"Primeiro dia de um ano qualquer" (first day, any year), de Domingos Oliveira
"Uma história de amor e fúria" (rio 2096 a story of love and fury), de Luiz Bolognesi 

Documentários
"Coração do Brasil" (heart of brasil), de Daniel Santiago
"Dossiê Jango" (jango report ), de Paulo Henrique Fontenelle 
"Hélio Oiticica" (hélio oiticica), de César Oiticica Filho 
"Jards" (jards), de Eryk Rocha
"Margaret  mee e a flor da lua" (margaret mee and the moonflower), de Malu de Martino
"O dia que durou 21 anos" (the day that lasted 21 years), de Camilo Tavares
"Ouvir o rio: uma escultura sonora de cildo meireles" (listening to the river: a sound sculpture by cildo meireles), de Marcela Lordy 
 "Rio anos 70" (rio 70's), de maurício branco e patrícia faloppa
"Satyrianas", 78 horas em 78 minutos (satyrianas, 78 hours in 78 minutes), de Daniel Gaggini, Fausto Noro e Otávio Pacheco 
 "Sobral" (sobral), de Paula Fiuza 

Augustas
Mostra Novos rumos
Ficção
"Augustas" (augustas), de Francisco César Filho 
"Estado de exceção" (state of exception), de Juan Posada 
"Super nada" (super nothing), de Rubens Rewald
"Eu não faço a menor ideia do que tô fazendo com a minha vida", de Matheus Souza

Documentários
"A batalha do passinho" (passinho dance off), de Emílio Domingos
"Hysteria" (hysteria), de evaldo mocarzel e Ava Rocha 

Colegas
Hors concours
Ficção
"Chamada a cobrar" (collect call), de Anna Muylaert 
"Colegas" (buddies), de Marcelo Galvão 
"Infância clandestina" (clandestine childhood), de Benjamín Ávila 
"Ritos de passagem" (rites of passage), de Chico Liberato 

Documentários
"A mulher de longe" (the woman who came from afar), de Luiz Carlos Lacerda 
"Amazônia eterna" (eternal amazon), de Belisário Franca
"Raça" (raça), de Joel Zito Araújo e Megan Mylan 

Jorge mautner- o filho do Holocausto



Mostra Retratos
"Cirandeiro" (cirandeiro), de Claudio Boeckel
"Dalua downhill" (dalua downhill), de Rodrigo Pesavento, Fernanda Franke Krumel e Tiago de Castro 
"Dino cazzola – uma filmografia de Brasília" (dino cazzola - a filmography of brazilia), de Andreas Prates e Cleisson Vidal
"Jorge mautner- o filho do Holocausto" (jorge mautner - the son of the holocaust), de Pedro Bial e Heitor d 'Allincourt
"Os irmãos roberto" (the roberto brothers), de Ivana Mendes e Tiago Arakilian 

Mostra Musical
"Mpb de câmara, canção brasileira" (mpb chamber, the brazilian song), de Walter Lima jr. 
"Partideiros" (partideiros), de Luis Guimarães de Castro 
"Pernamcubanos" (pernamcubanos), de Nilton Pereira de Melo 
"Siba – nos balés da tormenta" (siba - a poet through the storm), de Caio Jobim e Pablo Francischelli 


Premiere Brasil Curtas
Mostra competitiva
A Dama do Estácio

Ficção
"A Dama do Estácio" (The Lady From Estacio), de Eduardo Ades , com Fernanda Montenegro
"A Nona Vítima” (The Ninth Victim), de Diego Zon 
“Acontece” (It Happens), de Felipe O'Neill e Guilherme Scarpa 
“Aluga-se” (SP For Rent), de Marcela Lordy 
“Condição” (Condition), de Victor Quintanilha 
“Eva no Verão – Um Filme Tremido de Amor” (Summer and Eve), de Dodô Azevedo 
“Funeral à Cigana” (Gypsy Funeral), de Fernando Honesko 
“Linear” (Linear), de Amir Admoni
“O Colecionador” (The Collector), de Günter Sarfert
“Palhaços Não Choram” (Clowns don't cry), de Luisa Mello 
“Penas” (Feathers), de Paulinho Caruso 
“Realejo” (Barrel Organ), de Marcus Vinicius Vasconcelos
“Singelos Envelopes” (The mailbox), de Bruno Vaks 
“Uma Vida Inteira” (A whole Life), de Ricardo Santini e Bel Ribeiro, com Alice Braga

Documentários
“A Cidade” (The Village), de Liliana Sulzbach 
“Agoniza, Mas Não Morre” (Samba never dies), de Gabriel Meyohas 
“Barbeiros” (Barbers), de Luiz Ferraz e Guilherme Aguilar 
“Confete” (Confetti), de Jo Serfaty e Mariana Kaufman 
“Zéfiro Explícito” (Zéfiro Explícito), de Sergio Duran e Gabriela Temer 

Mostra Novos Rumos
“Canção Para Minha Irmã” (Song for my sad sister), de Pedro Severien 
“Janaína” (Janaína), de Anna Azevedo 
“O Fim da Noite” (The End Of The Night), de Dagmar Klingenstein 
“O Que Restou do Céu” (What remains from the Sky), de Frederico Santiago
“Povo Fala” (Vox Pop), de Luka Melero 
“Souvenirs de Verão” (Summer Souvenirs), de Luíza Carneiro e Marina Erlanger 

Mostra Retratos
“Barbara em Cena” (Barbara on the Scene), de Ellen Ferreira ; com Barbara Heliodora
“Cabelo Apresenta MC Fininho e DJ Barbante no Baile Funk (Gentil) Carioca (Cabelo presents MC Fininho e DJ Barbante at the funk ball (Kind) Carioca), de Marcella Virzi 
“O Pai do Gol” (The Father Of Goal), de Luiz Ferraz 
“O Sonho de Laura” (Laura's Dream), de Sabrina Carauta e Jasmin Sánchez 
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...