expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Reboot do Quarteto Fantástico tem dia marcado para estrear



Viagem Insólita>>>
Se não teremos carros e skates voadores em 2015, ainda assim o vindouro ano está se desenhando como uma época repleta de coisas fabulosas no cinema. A humanidade testemunhará a continuação de "Os Vingadores" , um novo filme de Star Wars, talvez o novo Avatar, possivelmente o filme da Liga da Justiça e agora a 20th Century Fox agendou a data do reboot do Quarteto Fantástico. Segundo informações do  Exhibitor Relations e do Coming Soon, a Fox quer estrear a nova versão dirigida por Josh Trank ("Poder Sem Limites") em 6 de março de 2015. 
Lançada pela Marvel Comics em novembro 1961,  a revista em quadrinhos "Fantastic Four nº1" marcou o início do vasto universo de personagens icônicos da editora, redefinindo os dogmas dos heróis, que a partir das histórias do Quarteto, além de salvar o dia, têm que lidar com questões mundanas como família, amizade e as brigas do condomínio. 
As primeiras aventuras criadas pela duipla Stan Lee e Jack Kirby


Infelizmente as três tentativas de adaptar o Quarteto Fantástico para o cinema fracassaram, cada qual em níveis diferentes de incompetência. Em 1994, na primeira e infame tentativa de levar o grupo para as telas, o produtor de filmes B, Roger Corman concluiu um filme com orçamento mínimo e problemas incalculáveis. Nunca lançado comercialmente, esse "Quarteto Fantástico" existe em versões piratas que  servem  para mostrar porque essa atrocidade foi escondida dos olhos do mundo. Em 2005, a 20th Century Fox ofereceu ao diretor Tim Story  um orçamento decente e um roteiro medíocre, que resultou em "Quarteto Fantástico" um filme acéfalo que foi relativamente bem sucedido comercialmente. A continuação de 2007 "Quarteto Fantástico e O Surfista Prateado". se manteve consistente as conquistas criativas do filme anterior e empurrou o grupo na zona negativa das adaptações de quadrinhos desde então.

Quarteto Fantástico de Tim Story

Após uma série de equívocos como "X-Men 3", "Demolidor" e "Wolverine:Origens" a Fox começou a trilhar sua estrada para redenção entre o público, com "X-Men: A Primeira Classe". Ao longo de 2012 o estúdio anunciou o plano de criar o seu próprio "universo cinematográfico da Marvel no cinema", nos moldes da iniciativa bem sucedida do Marvel Studios que estabeleceu uma ligação entre filmes como "Homem de Ferro" e "Os Vingadores". Sob a supervisão do escritor de quadrinhos, Mark Millar o plano da Fox é se reposicionar entre as grandes bilheterias e a partir de 2013 vamos ter a primeira chance de verificar se o novo regime é pra valer com  estréia de "O Wolverine", longa que alegadamente não terá conexão com o temível primeiro filme solo do mutante canadense. Atualmente em pre-produção, "X-Men: Dias de um Futuro Passado" marca o retorno de Bryan Singer, o diretor responsável colocar a  Fox no caminho do sucesso adaptando quadrinhos, com os dois primeiros filmes dos X-Men. Será o primeiro filme lançado após a contratação de Millar como supervisor da Fox.

O reboot do Quarteto Fantástico, nas mãos de Trank (que mostrou um domínio excepcional do gênero de criaturas super poderosas no excelente "Poder Sem Limites") junto a promessa de Millar da nova abordagem ser mais complexa, pode afinal representar o o número quatro flamejante projetado nos céus de Nova York convocando os fãs a renovar a esperança de assistir um o filme realmente Fantástico. 
"Poder Sem Limites"

Criados por Stan Lee e Jack Kirby, ao longo de cinco décadas o Quarteto teve fases gloriosas produzidas por mestres como  Roy Thomas, John Byrne, Steve Englehart, Walt Simonson, John Buscema, George Pérez  e Tom DeFalco que exploraram o espírito de aventura e ficção científica em escala cósmica e sempre  equilibrando com comédia dramática e as picuinhas familiares entre os personagens. O Quarteto é um material perfeito para funcionar no cinema. Sempre tenho em mente filmes como "Os Caça Fantasmas", "Homens de Preto" e "Hellboy", como exemplos bem sucedidos que o diretor do reboot deveria se espelhar.
Universo fantástico no traço de John Byrne

2015 poderá ser definitivamente um ano mágico, com ou sem De Loreans voadores.

Via Slashfilm

Leia mais notícias no Macaco Malandro:
Novo Harry Osborn anunciado via twitter pelo diretor de "O Espetacular Homem Aranha 2"
Vilão do Filme da Liga da Justiça Revelado
Campanha de "Gigantes do Pacífico" mostra seus robôs gigantes
Wolverine deve retornar em "X-Men: Dias de Um Futuro Passado"
Gordon-Levitt não será o Batman no filme da Liga da Justiça
Ian McKellen e Patrick Stewart de volta aos X-Men em "Dias de Um Futuro Passado"
Ator insinua que Matthew Vaughn será o diretor do novo Star Wars
O novo Batman foi escolhido?
Robocop: Artes Conceituais e vídeo confirmam múltiplas armaduras e o design do filme original
Primeira imagem da continuação de Planeta dos Macacos: A Origem revela um símio armado
Primeiras Imagens de Robocop e sua Motoca
Atriz pode ser a nova Mary Jane no Próximo Homem-Aranha
Armie Hammer pode ser o novo BatmanCharlie Brown no Cinema
Doutor Estranho pode aparecer em Thor: The Dark World


Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...