expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Os detalhes da apresentação de games na Playstation Meeting


Que comecem os jogos>>>
Por Leonardo Coimbra

Quando a apresentação da Sony/Playstation acabou, no aguardado evento Playstation Meeting, realizado ontem em Nova York, tive que aplaudir de pé. A empresa enterrou a Nintendo e deixou uma bomba no colo da Microsoft. Com nomes e dados anotados,  vou tentar resumir ao máximo, pois rolou muita info ao longo do evento (que começou pontualmente às 20h no horário de Brasília) . Logo de cara a Sony foi direto ao ponto: o esperado Play Station 4 (curioso que vão usar o número 4 que no Japão significa morte). Falaram rapidamente da evolução do Play Station e depois gastaram um bom tempo destrinchando a arquitetura do novo PS4. Nas entrelinhas seria: "ok, nós cagamos feio no PS3 e no processador Cell, desculpem por isso. Olha aqui, agora fizemos certo tá?" E eles mandaram muito bem. 

A empresa informou os números das partes do PS4 e um ponto válido foi reportar que serão 8GB de RAM DDR5. Para efeito de comparação, o PS3 tinha meros 256MB de capacidade de RAM, contra os possantes 8GB que agora jogam poeira sobre o o Xbox 360, seu principal competidor, com seus 512 MB. Isso vai solucionar uma reclamação dos programadores quanto a baixa memória. Mais um ponto para Sony. Logo após isso apresentaram o novo controle e uns demos mostrando o potencial do console.









Em seguida mostraram um jogo exclusivo deles meio cartunesco. Guerra entre humanos e orcs. Foi bem ok.


Interessante destacar que algumas funções do controle como o botão PS servirá para dar um sleep no jogo/console e depois só pressionar novamente para voltar a jogar, como já funciona no PSP e no Vita. O novo controle também terá uma touch screen na frente dele (igual a traseira do Vita). A parte branca será igual ao Move para ter cor. Também terá um speaker, entrada para headset e o botão share.

Após isso focaram muito na parte de conectividade/sharing/etc. Para isso chamaram o CEO da Gakai. Devo admitir que foi surpreendente. Num resumo grosseiro, tudo se conecta e você pode perturbar quem você quiser e tudo esta mais fácil.

Vamos por partes: Primeiro você não precisa fazer um download para jogar o game ou o demo, simplesmente jogue na nuvem e se gostar compre. Algo excelente, não preciso mais baixar sei lá quantos GB para jogar um cheiro do jogo. Eles vão criar uma rede social específica para os gamers, onde saberão o que você joga, seus troféus e etc. Além disso estará conectado  as redes sociais como Facebook e Ustream.


Aí tem uma parte que eles acham que vamos fazer uma coisa só que na verdade faremos o contrário. Vai existir a opção de você assistir uma pessoa jogando e ver  a emoção na hora, podendo dar conselhos ao vivo e ajudar outro jogador como se fosse um treinador. Poderá A dificuldade pode ser alterada, dando uma poção se ele tiver quase morrendo ou  aumentar obstáculos e ver seu amigo se ferrar para sacanea-lo no final (admita, que isso passa pela sua cabeça). 


A rede irá aprender com você e irá te oferecer o que você quer.Se voce gosta de esportes, quando entrar na na PSN, o sistema automaticamente vai te oferecer Jogos de Esportes. Que se dane se estão lançando "Battlefield 4" ou "Final Fantasy 99". Isso é realmente inteligente e  prático. 


Além disso o jogador poderá terá disponível títulos do PS1 a PS3 no seu console, no entanto não foi comentado sobre a leitura de mídia. Espero que leia pelo menos os jogos de PS3, para não comprar tudo de novo digitalmente.



O Vita também poderá ser usado para jogar os jogos do PS4. A intenção é que a maioria dos jogos tenham essa integração. Seria a mesma funcionalidade do tablet do Wii U. Ou seja, PS4 no banheiro. Nice! E também teremos a facilidade em fazer upload dos seus gameplays, será preciso apenas apertar o botão do seu controle Share. Muito prático, e se tiver orgulho do que fez , de quem  matou, basta um clique para o mundo saber.


Por fim existirá integração com smartphones e tablets, mas pelo que entendi você não jogará, poderá apenas ver vídeos, seguir amigos e trocar ideias.

Bem sólida pelo lado técnico, a apresentação passou a listar os novos games do console. Foi aí que comecei a pirar e que gráficos. Primeiro falaram de jogos first party e depois de third party:

Killzone 4 Shadow Fall







Gráficos lindos, iluminação linda, poeira linda, muito bom.



Drive Club







Os gráficos da apresentação são sensacionais, perderam um bom tempo fazendo material até para a costura. A jogabilidade parece ser ok. E os gráficos enquanto você está acelerando é bom, mas não é grande coisa.



Infamous: Second son 







Muito bonito. Mas parece ser um cinematic e não um gameplay. Fiquei curioso.



The Witness










Esse jogo é do estudio criador de Braid. É um jogo de mundo aberto com muitos puzzles para serem resolvidos. Não tenho uma opinião formada sobre ele.



Para acabar de explodir nossas cabeças a Quantic Dream (desenvolvedora de "Heavy Rain" e trabalhando em "Beyond") demonstra o nível de realismo que estão conseguindo. Bem, vejam o video de uma real time tech demo





Media Molecule





Bem interessante esse demo. Não tem nada definido e você pode modelar o que quiser e fazer o que quiser com o Move. Curti.


Após os jogos de first party tiveram a apresentação dos jogos de third party. Preparem-se para muita coisa e uma surpresa absurda de rolar cabeças.


Deep Down



Capcom iniciou com um título que está em construção "Deep Down", com sua nova engine Panta Rhei. Muito bonito. E gráfico é de jogo. Achei fantástico.



Agni's Philosopher


Depois veio a Square Enix e apesar de inicialmente empolgado no final fiquei desanimado.  Apresentaram o mesmo tech demo "Agni's Philosopher". Ok, muito bonito e legal, mas todos já viram (zzzzz). Então veio o diretor de Final Fantasy (ai pensei vai salvar). Bem, me enganei de novo.Se limitou a anunciar um FF para esse ano. Espero que seja o "Versus" que já ouvi boatos que será o 15.



A partir daqui a coisa fica séria.


Watch Dogs



Ubisoft  vêm com "Watch Dogs". Continua tão bom quanto no ano passado. Nota 1000.



Nesse momento veio um golpe completamente inesperado: a Blizzard entra no palco, anuncia "Diablo 3" para PS3 e PS4. E então o Vice Presidente fala:"this is a plan to world domination". Eu acredito. Mais títulos virão no futuro.





Destiny
Por fim entra o CEO da Activision que puxa a desenvolvedora Bungie, criadora de "Halo", o  maior sucesso do XBox. Nesse momento comentam que seu novo projeto "Destiny" irá para o PS4.




Hummm, deixa eu pensar: a Blizzard, a desenvolvedora de "Halo" no PS. Valeu Xbox. Passar bem. Hahaha



Agora é hora de fazer fazer as considerações finais:


A Sony mandou muito bem e acertou na fórmula. Foi esperta em se antecipar à Microsoft, apresentando muito conteúdo, em especial focando mais na arquitetura da máquina. Foi um pedido de desculpas. Foi surpreendente o que estão fazendo com a integração de rede em especial usando a tecnologia da Gakai e jogar em nuvem.



Com exceção da Square, os jogos foram sensacionais. Boto a maior fé na empresa, só que pisaram na bola. Espero que o novo jogo não seja um "FF13-4 Ligthning" takes a crap . Foi incrível ver a Blizzard, (notórios egocêntricos, que não se dão ao trabalho de participar da E3 e tem um evento exclusivo) de mãos dadas com a Sony.



Um ponto a ser levado em consideração: quando vimos o lançamento do PS3 e Xbox 360 piramos com os gráficos e hoje eles estão absurdamente melhores. De duas a três vezes melhor, o que significa que daqui a alguns anos, vou acabar dando em cima das personagens desses jogos.



De ponto negativo sinceramente não vi nenhum. Apesar de não mostrarem a cara do PS4, mostraram todo resto. Até por que o design ainda deve ter estar sendo desenvolvido.



No quesito preço ou não definiram ou estão na dúvida, esperando a Microsoft abrir a boca para lançar um produto competitivo. Estratrégia, do inglês strategy, do latim strateg, do alemão...alguém  com sono?



Senti falta da EA, que sempre está nos eventos da Sony. Restando apenas rumores sobre o "The Last Guardian" ou "Uncharted 4".



Espero que tenham gostado. Agora temos que esperar a apresentação da Microsoft e ver a guerra na E3.



Ah sim, aviso quando for o enterro do Wii U.



Leonardo Coimbra é gamer e escreve em Games e Gamers - Welcome Next Gen


Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...