expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 31 de março de 2013

Arte de Angelo Musco forma paisagens monumentais com milhares de corpos

Florestas Humanas>>>
Onze meses, esse é o tempo que o artista italiano Angelo Musco passou no ventre de sua mãe, antes de nascer em 1973. O parto foi difícil e ele ficou parcialmente paralisado como consequência. As complicações desse processo  reverberam até hoje e estão presentes na forma como o artista cria suas obras. Muitas vezes fazendo referência ao nascimento, fertilidade e o mundo celular em suas composições.  Ele usa, literalmente  o corpo humano como matéria prima para tratar de temas como confinamento e mundos subterrâneos, realizados através de intricadas montagens com milhares e as vezes milhões de corpos. Angelo fotografa modelos nus, para montar estruturas orgânicas em um longo processo de pós-produção no Photoshop. A escala do seu trabalho é monumental e para concluir a peça  intitulada "Xylem", ele e dois de seus assistentes levaram dois anos de trabalho.










O trabalho de Angelo Musco será  tema do documentário "Conception", que será lançado no segundo semestre. Veja o trailer abaixo:




Ele também terá uma exposição individual no acte2galerie em Paris, abrindo em 11 de abril de 2013. Para ver mais de seu trabalho, visite seu site.

Via Laughing Squid

Leia mais sobre arte nerd no Macaco Malandro:


Super-Heróis modernos como adornos em relíquias gregas

Garotas japonesas fazendo Kamehameha em série de fotos


 Artista insere jogos atuais nos velhos cartuchos de Atari

Série de ilustrações evisceram personagens de animações
 
Filmes de Tarantino repaginados como capas de livros retrô


Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...