expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 16 de maio de 2013

'Hard Boiled', a graphic novel de Frank Miller está ganhando uma versão para o cinema



Caçadores de Andróide>>>
Pelos idos de 2001, David Fincher foi escolhido para dirigir uma adaptação  para o cinema de "Hard Boiled",  clássica graphic novel  de ficção científica criada por Frank Miller e Geoff Darrow com Nicolas Cage no papel principal. O projeto desandou e em 2008, o próprio Frank Miller foi anunciado como provável diretor e até recentemente ele ainda estava ligado ao projeto e começaria a produção após a conclusão de  "Sin City: A Dame Fatal".

Agora foi anunciado que o diretor Sul Africano Mukunda Michael Dewil  está trabalhando no versão para o cinema da história.  Dewil é um diretor iniciante que tem no currículo o filme "Retribution"  e em breve vai lançar "Vehicle19", que coloca Paul Walker mais uma vez envolvido com perseguições e carros velozes.

Em entrevista com o Bleeding Cool, Dewil disse que a adaptação de "Hard Boiled" está sendo feita com a Solipsist films, que detém os direitos de algumas obras de Miller, entre elas "Sin City". Segundo o diretor, o filme será um projeto grande e todos estão muito empolgados.

Não ficou claro ainda se Dewil estaria realmente dirigindo o filme ou apenas escrevendo a adaptação. É realmente uma pena que um cineasta do porte de David Fincher não tenha dado a sua visão ao projeto, mas por outro lado, depois de ver algumas partes de "O Spirit", ficou claro que mundo continua um lugar mais seguro sem outro filme dirigido por Frank Miller. A Solipsist films é dona do projeto há anos e também está produzindo "Sin City: A Dame Fatal".


"Hard Boiled", foi lançada em 1990, e gira em torno de um agente de seguros chamado Carl Seltz, que descobre que é na verdade um ciborgue cobrador de impostos homicida, de codinome Nixon. Um  robô  o informa que ele é a última esperança dos homens-máquina escaparem da escravidão.  A história é uma  mistura de noir e cyberpunk, suja  confusa e extremamente gráfica, com  páginas duplas explodindo em centenas de detalhes de pessoas mutiladas, veículos e orgias. O visual futurista de Darrow acabaria servindo como influência na série "Matrix" onde colaborou com as artes conceituais. Nilista e com forte apelo sexual, é um projeto difícil de imaginar adaptado para o cinema, seja qual for o diretor envolvido.





Artes conceituais da versão do 'Batman: Ano Um' que seria dirigida por Darren Aronofsky
Novo banner e faixa completa da trilha sonora de 'O Homem de Aço'


Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...