expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Novo trailer de 'Gravidade' é uma incrível sequência contínua de desastre no espaço

Terra em Transe>>>
"Gravidade"("Gravity"),  novo filme de Alfonso Cuarón, que estréia no dia 4 de outubro, ganhou um trailer impressionante. É uma sequência sem cortes do que provavelmente é a grande cena do filme. Cuarón, aperfeiçoou esse recurso no cultuado "Filhos da Esperança" de 2006, com longos e inacreditáveis plano sequência contínuos. 

Seu retorno a ficção científica é descrito como uma espécie de "Naufrago" no Espaço. O roteiro  escrito por ele e seu filho Jonas, parece seguir pelas coordenadas do hard sci-fi, na  orbita  de obras cerebrais como "2001 - Uma Odisseia no Espaço",  mostrando de forma mais crua e realista possível, como seria a experiência de vagar pelo espaço. Existe o indício de que há uma sequência de 17 minutos, sem cortes, em que os personagens  seguem flutuando lentamente pelo vácuo. 

Veja o trailer abaixo:



O filme traz Sandra Bullock como uma engenheira em sua primeira viagem ao espaço, que é colocada em grande perigo durante uma caminhada espacial de rotina. Ao seu lado, está um astronauta veterano interpretado por George Clooney, que está disposto a encarar o acidente de uma forma mais transcendental. As primeiras reações das sessões prévias foram  polarizadas,  classificando "Gravidade"  tanto como  um obra-prima quanto o pior filme já feito.

Segundo a sinopse oficial do filme:

"Sandra Bullock interpreta a Dr. Ryan Stone, uma brilhante engenheira médica na sua primeira missão espacial, com o veterano astronauta Matt Kowalsky (George Clooney) no comando de seu último voo antes de se aposentar. Mas em uma caminhada espacial aparentemente rotineira, ocorre um desastre. O ônibus é destruído, deixando Stone e Kowalsky completamente sozinhos, ligados apenas pelos seus trajes e vagando sem rumo pela escuridão. O silêncio ensurdecedor diz que eles perderam qualquer contato com a Terra ... e qualquer chance de resgate. O medo se transforma em pânico  consumindo rápido o pouco oxigênio que resta. Mas o único  de  pode ser se mergulhar  cada vez mais longe na imensidão terrível do espaço."
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...