expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Fumaça no Edifício Baxter: roteirista de 'X-Men: Primeira Classe' vai reescrever o reboot do 'Quarteto Fantástico'


Pedras no Caminho>>>
O filme do Quarteto Fantástico está previsto para estrear em 2015 e já se noticiou que as filmagens estavam marcadas para começar nesse segundo semestre na Louisiana, mas ao que parece o reboot das aventuras da família de aventureiros super-poderosos está encontrando problemas nos bastidores. Sem nenhuma notícia de elenco revelada até agora pela Fox, era de se esperar que alguma coisa não estivesse indo bem. E as suspeitas se confirmam agora foi anunciado pelo Hollywood Reporter que  Simon Kinberg  foi convocado para refazer completamente o roteiro da adaptação dos quadrinhos da Marvel, que será dirigida por Josh Trank.
Kinberg já trabalhou em diversos projetos da Fox envolvendo propriedades da Marvel, tendo colaborado nos roteiros de "X-Men 3: O Conflito Final" e do vindouro "X-Men: Dias de um Futuro Esquecido",   alem de ter sido produtor de produziu "X-Men Primeira Classe". Kinberg tem trabalhado em conjunto com  Matthew Vaughn, produtor do novo Quarteto Fantástico". Além dos projetos na Fox, atualmente o roteirista está incumbido dos novos filmes da saga "Star Wars.

A notícia pode ser um prenuncio de nuvens escuras sobre a produção do filme, e a data prevista para estreia em 2015 deve cair por terra. Apesar do nome de Josh Trank, que fez um trabalho incrível no meta filme sobre super-heróis "Poder Sem Limites", o que se tem ouvido falar é uma dança de roteiristas sendo contratados para mexer na história do filme.  Anteriormente, escritores como Jeremy Slater, Michael Green, Seth Grahame-Smith e TS Nowlin foram chamados para fazer  alterações no roteiro.

Apesar de não existir nenhum anúncio oficial do estúdio, esses atrasos devem impactar diretamente na possibilidade do filme ficar pronto para meados de 2015. Tomara que  essas constantes alterações no time de roteiristas resulte em uma história sólida e divertida. No entanto, o que a experiencia recente tem demonstrado em casos como "Prometheus" é que  que muita gente rescrevendo um filme  pode ser um sinal de que o time criativo está perdido sem saber como amarrar a história.

No fundo a Fox vive uma corrida contra o tempo, pois se o estúdio não lançar um novo filme em um determinado período de tempo, os direitos do Quarteto podem reverter para a Marvel. Quero muito ver essa versão dirigida por Trank, mas se o super-grupo pudesse  se reintegrar com seus companheiros de editora como o Homem de Ferro, Guardiões da Galáxia e Thanos seria ainda mais interessante. 

Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...