expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Warner pode reinventar os filmes de quadrinhos com produções de baixo orçamento



Bom, Bonito e Barato>>>
David Goyer
não é o Kevin Feige que a Warner merece, mas é o Kevin Feige que eles precisam agora. De acordo com o Bleeding Cool o estúdio está trabalhando com o roteirista de "O Homem de Aço" para construir seu próprio universo cinematográfico e entre os projetos que Goyer supervisionaria, estariam filmes de baixo orçamento, baseados em personagens da DC Comics que serão lançados no primeiro e segundo semestre de cada ano.

O site informa que os novos  planos da Warner a partir de 2014, serão em investir em propriedades intelectuais pouco conhecidas como o Gladiador Dourado, Exterminador, Team 7, Sandman e o Esquadrão Suicida, produzindo filmes entre os 20 e os 40 milhões de dólares. Se a notícia se confirmar pode seria uma fórmula muito interessante para romper com a monocultura de filmes cada vez mais caros e menos arriscados criativamente. 

Um filme na faixa dos 20 milhões de dólares precisa render algo entre 60 milhões para garantir algum lucro. O cinema de terror, por exemplo, está gerando receitas incríveis com produções de baixo orçamento como "A Invocação do Mal" e "Atividade Paranormal". Com franquias mais baratas se eliminaria o compromisso de gerar bilhões nas bilheterias, e a reboque, a eterna dependência em personagens mais reconhecíveis como o Batman e Super-Homem. 

Abrir as portas para opções mais ousadas e experimentais como "Sandman" e outras séries desconhecidas do grande público seria a decisão mais sábia que a Warner pode vir a tomar em anos. O modelo de negócio ancorado em orçamentos colossais se transformou em uma kryptonita para ideias inovadoras, e há mais de uma década que Hollywood esta colocando a si  própria na posição de refém de filmes grandiosos, feitos sob comitê, onde sobra pouco espaço para surpresas.

Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...