expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 27 de julho de 2014

Marvel Studios quer usar a série 'Cosmos' como base para o visual de 'Doutor Estranho'


Olho Cósmico>>>
Doutor Estranho é um dos próximos grandes filmes na agenda da Marvel, e estamos começando a ter uma ideia do que o filme pode mostrar. Dirigido por Scott Derrickson ("A Entidade") a partir do roteiro de Jon Spaihts ("Prometeus") o filme ainda não tem data de lançamento ou elenco anunciado. Apesar de rumores recentes apontarem Joaquin Phoenix como o principal candidato ao posto de "Mago Supremo" da Marvel Comics.

Falando com o Slashfilm sobre Doutor Estranho,  Kevin Feige comentou sobre as idéias que eles estão desenvolvendo entre elas os conceitos de se mover através de dimensões, mas de uma forma relativamente inspirado pela ciência:
"Doutor Estranho tem uma clássica história de origem na Marvel, porque ele tem uma das melhores origens de todas. E é a nossa oportunidade de dar uma virada no caminho do sobrenatural. 

Gostamos da idéia de brincar com dimensões alternativas. Estranho, de uma forma de viagem astral louca bem (Steve) Ditko, viajando através das dimensões e de outros reinos é algo que acho muito legal. Brincando com as percepções da realidade. 

Vi a série 'Cosmos' com Neil deGrasse Tyson, que é incrível, e que pode ser uma viagem de ácido. E pode bem ser Doutor Estranho. É uma série alucinante, tudo baseado em física e com base na mecânica quântica, e vamos trabalhar com aquela noção como uma explicação de como os feiticeiros fazem o que fazem." 

Ao que parece o Marvel Studios continua receoso de abraçar o lado oculto e inexplicado dos quadrinhos, buscando desculpas pseudo-científicas para explicar seus mundos mágicos Com entidades místicos como o Dormammu e Surtur, a Disney vai ter que relaxar o esfíncter, e vestir o capuz das forças arcanas. O público do cinema já está habituado com bruxos conjurando feitiços desde os tempos de "Fantasia".

Pelo menos é um alento saber que os visuais psicodélicos criados por Steve Ditko nos anos 60, ao lado de Stan Lee, na revista "Strange Tales".
Para quem não conhece o trabalho de Ditko, vale uma comparada nas páginas desenhadas pelo artista e imaginar o que pode acontecer se o time de efeitos visuais usar a estética alucinógena como linha guia.



Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...